top of page

Songs in the Airs


Álbum musical com letras em português escritas por Gil Nuno Vaz a partir de textos originais em inglês, pertencentes a composições de diversas épocas.


Se em algumas versões o texto traduzido aproxima-se razoavelmente da sequência verbal em inglês, em outras toma-se apenas o tema como motivo, desenvolvido segundo encadeamento diferente do original.


Há ainda casos em que o texto em português busca semelhança sonora com a oralidade do texto em inglês. E há também situações em que se optou por criar variações musicais, como se uma versão musical sendo acrescida à versão literária.






Todas as árias e canções (formas sugestivas e não excludentes) do ciclo, até o presente, são a seguir relacionadas na ordem alfabética dos títulos em português.


Versão em português da letra original em inglês do ground MUSIC FOR A WHILE, de Henry Purcell.


Versão em português da letra original em inglês de GOLDEN EARRINGS, escrita por Jay Livingston e Ray Evas com música de Victor Young. A partir da semelhança entre uma passagem melódica da canção com a Dança Eslava opus 72, n. 2, de Antonin Dvorak, a letra em português foi adaptada para ser cantada também com a peça do compositor tcheco.


Versão em português do texto original em inglês da canção NATURE BOY, escrita por eden ahbez. A música é a acomodação à letra em português de uma antiga canção de Gil Nuno Vaz (Vê Que É Só), que abre espaço num interlúdio instrumental para a citação da canção referencial de ahbez.


Justaposição de variantes de duas canções populares americanas: STRANGE FRUIT, de Lewis Allan, e Oh SUSANNA, de Stephen Foster. Da primeira, foi desconsiderada a música, e tomada apenas a letra em inglês como base para se construir uma versão em português. Da segunda, foi desconsiderada a letra, e tomada apenas a música como base para se construir uma variação melódico-harmônica.


Variação lítero-musical da canção I GOT YOU UNDER MY SKIN, de Cole Porter. Na música, alterações melódicas e harmônicas, mantendo o desenho rítmico da melodia. Na tradução do texto original, uma digressão sobre o tema literário, procurando manter alguma semelhança sonora as palavras da letra em inglês.


Versão em português da letra original, em inglês (sem o recitativo, apenas o refrão), da canção I FALL IN LOVE TOO EASILY, com música de Jule Styne, e letra original em inglês de Sammy Cahn.


Versão livre para o português, por Gil Nuno Vaz, da letra original da canção FLY ME TO THE MOON, de Bart Howard.


Versão livre em português da letra original da canção Speak Low, música de Kurt Weill e texto em inglês de Ogden Nash.


Versão em português do texto original em inglês, de Nahum Tate, do ground WHEN I AM LAID IN EARTH de Henry Purcell, ária do final da ópera Dido and Aeneas (não incluído o recitativo Thy Hand, Belinda)


Versão em português do texto original em inglês, escrito por Mack Gordon para a canção SERENADE IN BLUE, com música de Harry Warren.


Versão em português do texto original da canção SOLILOQUY, de Charles Ives.














Commentaires


bottom of page