top of page

Serenata Atroz





















SERENATA ATROZ

Harry Warren (música) e Gil Nuno Vaz (letra em português, a partir do texto em inglês de Mack Gordon)



Se não há mais nada entre nós

Mais nada dos momentos de amor a sós

Resta nada mais que esta canção

Nesta voz em vão


Resta o teu rosto em cada tom

No adeus desta canção, no adeus deste som,

Suave encanto antes, e após

Serenata atroz


Atroz ao me lembrar até

Do instante breve de um café

Momento de uma jura assim

De amor pra sempre, amor sem fim

Momento em que nos olhos teus

Pra sempre se tornou adeus

Restando só a canção


Se já não te toca o coração

O som deste meu canto, o som da minha voz

Eu me vou, silvando esta canção

Serenata atroz






bottom of page