top of page

OBRA d´OBRA


CANTOS CORRENTES é uma obra-arquitexto.


Assim começa a caracterização do conjunto de conteúdos concentrados neste sítio homônimo e articulados com o sítio CINE INÊS.


Os dois sítios, por sua vez, articulam-se com plataformas de vídeo, áudio, texto e imagem, para hospedagem, disponibilização e divulgação dos conteúdos.


A pretendida caracterização de CANTOS CORRENTES, esboçada nos acessos principais do sítio, é reconhecidamente complexa para ser formulada concisamente. Esta postagem atende ao objetivo de tentar uma explanação mais ampla, usando de recursos didáticos e, enfim, de tudo o que se julgou facilitar a compreensão dessa obra-arquitexto. Assim:



Certa vez, ouvi de certo crítico musical que a certo compositor faltava a magnitude que só a criação de grandes obras confere. Não obstante admiráveis, suas curtas peças não ofereciam vislumbre de domínio pleno sobre as grandes formas do discurso musical.


Os ouvidos registraram a observação crítica, mas no topo da cabeça as palavras do proferido juízo não ressoaram a implícita condenação artística. Dos meandros mentais, uma dúvida razoável emergiu:


O que é uma obra? Uma obra de arte? E, na extensão do pensamento questionador: o que é uma grande obra?


Que os argumentos, inicialmente, mantenham-se dentro da modalidade artística que engendrou a dúvida: o que é uma obra musical? E o que é uma grande obra musical?



Comments


bottom of page