top of page

Que Sei Eu?


Incorporação poética e interferência musical de Gil Nuno Vaz à primeira peça da série Ogivas, de Erik Satie.


Como todas as demais composições da série, Ogivas I explora a reverberação sonora dos espaços arquitetônicos das grandes igrejas medievais, cujas coberturas em sua esguia e alta verticalidade eram sustentadas pelos arcos em ogivas.


Seguindo a intenção musical da peça, o texto reverbera algumas palavras de acordo com as nuanças melódicas do breve tema de Satie, cuja sequência é redesenhada para ecoar as pretendidas correspondências literárias. Na intenção poética do texto, a dinâmica da peça também é redesenhada.


QUE SEI EU?


Eu só sei

Que não sei

Eu só sei

Que sei...


Eu só sei

Que não sei

Eu só sei...

Que sei eu?






Que_Sei_Eu
.pdf
Fazer download de PDF • 46KB







Comments


bottom of page