top of page

Preliminares do Jogo da Velha Vila


Vila Belmiro, para o Brasil e o mundo, é sinônimo de futebol. O lugar onde joga o Santos Futebol Clube. Não o estádio de Vila Belmiro, muito menos o estádio Urbano Caldeira. Para o Brasil e o mundo, o Santos joga na Vila Belmiro. No zoneamento urbano da caldeira humana de Santos, da época em que a cidade se expandia para os bairros em direção à praia, Vila Belmiro era um desenho pentagonal, irregular. Os lados que a delimitavam eram, começando pelo de maior extensão, a Rua Carvalho de Mendonça, depois, virando à esquerda, a Avenida Ana Costa, até a Rua Joaquim Távora, daí retornando à Avenida Senador Pinheiro Machado, o Canal Um, que se desmembra em dois lados: o trecho antes e depois do curvão.

Mas, no teu mundo, o território que tu reconhece como Vila Belmiro é uma outra figura geométrica, incrustada dentro desse pentágono. Tem o formato, também irregular, de um triângulo escaleno. Seus lados: Rua Princesa Isabel, Rua Carvalho de Mendonça, Canal Dois.

A partir das margens e do interior desse desenho, tu joga o jogo das partidas dobradas, com lances desdobrados que não levam a lucros e perdas nem a vitórias e derrotas. No teu jogo da velha narrativa contábil, a Vila é ainda aquele campo de formato diverso e maior, em que tua história começa fora desse triângulo, em uma de suas margens. Bem ali, onde a Rua Princesa Isabel chega perto do Canal Dois. Beneplácito misterioso da origem, consciência de luso-brasilidade. O nascimento, primeiro rito de passagem.  Um momento breve de proximidade com o palco da tua infância e da tua adolescência, à espreita de um futuro não muito distante. Um dos cenários: a estreita, curta e curva Rua Oliveira Lima.


Ponto de partida de uma caminhada diária e solitária, saindo à direita do sobrado número 16 e seguindo, ao longo da Rua Princesa Isabel, até chegar à outra ponta do triângulo, desembocando no Canal 1, quase encontrando com a Rua Carvalho de Mendonça. Como os demais, este ângulo marca também um rito de passagem. Ali, tu começa a ouvir estrelas, desde a aula inaugural de Olavo Bilac. A radioastronomia de uma poétrica constelar. À terceira ponta do triângulo tu chega saindo à esquerda do sobrado e seguindo pelo Canal Dois, até as proximidades da Carvalho de Mendonça, às salas do Cine Avenida e do Cine Campo Grande.  Tua entrada no interior do triângulo, nesse campo em que tu vai começar a jogar teu jogo da velha marginalidade, tem como cenário o quadrado arborizado e as passagens internas da Praça Olímpio Lima. A partir do sobrado de número 30, e na relação entre dois campos de futebol, o do Santos e o da Americana, tu vai descobrir que o apanhador de pipas cadentes é uma terceira posição no jogo da velha, nem ataque nem defesa, apenas um observador atento e ativo, coletor zeloso de ideias que te descortinarão outras paisagens e passagens para os campos infinitos da imaginação. Tua saída. Súmula do jogo, suma sonora: choro nascituro, gemido poético, grito cinético. Teu futuro: música, palavra, imagem.

Comentários


bottom of page