top of page

O Lira do Delírio, Meu!


Cinco anos depois de agitar o cenário da música popular brasileira com a inauguração de um pequeno teatro/auditório para onde convergiram diversas propostas estéticas e novos autores e intérpretes, o Lira Paulistana começava a enfrentar dificuldades para manter essa trajetória com a intensidade que a marcara até então.

O artigo O Lira do Delírio, publicada nos estertores de 1984, tem como objeto exatamente esse momento crítico, colhendo declarações do último sócio do núcleo, remanescente do grupo original, e de um apanhado sobre as reduzidas produções antes de sua dissolução.



o_lira_do_delirio
.pdf
Download PDF • 1.46MB






Comments


bottom of page