top of page

Musilyrics


Artigo apresentado no curso de Semiótica Musical, ministrado por David Lidov, no Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica, da PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), em 1998.


Elaborado como etapa de preparação da tese de doutoramento, Câmara da Canção - Escansões Semióticas de um Campo Sistêmico, defendida em novembro de 2001.


O canção Soliloquy (1907), de Charles Ives, é tomada como objeto de análise para evidenciar vários tipos de relação entre o texto (do próprio compositor) e a música. Toma como ferramenta analítica principal a estruturação de classes de signos proposta por Charles Sanders Peirce.


Musilyrics - Paper 1
.pdf
Download PDF • 172KB



























Comments


bottom of page