top of page

Hino ao Sono (canto e piano)


José Paulo Paes, em concisa trova (Hino ao Sono), faz profunda questão filosófica em que contrapõe sono e vigília a morte e vida:


Sem a pequena morte

De toda noite

Como sobreviver à vida

De cada dia?


Sentindo na essência do poema um viés peculiar do poeta, em que temas sérios são pincelados com tons de humor e lirismo, até de religiosidade como suscita a sugestão do título, com a palavra hino, a ideia de um acalanto emergiu naturalmente como solução musical para o texto.


A memória trouxe à baila, então, um antigo acalanto (Acalanto 1970), ao qual foi acrescentada, especificamente para o canto da poesia de Paes, uma linha melódica (a melodia do acalanto anterior foi mantida, como voz instrumental).


Hino ao Sono integra o ciclo de canções VAZ EM PAES, com composições musicais escritas sobre textos de José Paulo Paes.





























Comments


bottom of page