top of page

Estudo para N + 1 Músicos


Em 1991, num curso sobre música, ministrado na ainda recentemente instalada unidade do SESC-Santos, com a finalidade de suscitar intercâmbio e reflexão coletiva sobre os repertórios dos participantes, propus uma atividade pedagógica que misturava as dinâmicas de concerto e debate num formato inspirado em procedimentos de música aleatória (chance music). E com provável influência do Coral Hablado, de Ramón Barce, embora sem ter feito qualquer ligação consciente na época.


Alguns meses depois, imaginei que a ideia poderia ser transposta para o campo da composição musical, de criação coletiva de uma obra a partir de um esquema funcional aberto a inserções individuais dos intérpretes.


Estudo_para_n_mais_1_musicos
.pdf
Fazer download de PDF • 16KB







Comments


bottom of page