top of page

Uma ponte nova sobre águas passadas


Artigo publicado no jornal A Tribuna, de Santos, em 08/04/1991.


Texto que dá sequência ao assunto do artigo O Cinema de Arte reclama um espaço, publicado no mesmo jornal em 21/02/1991.


Com a liberação de Maurice Legeard para deixar as metáforas de lado, este artigo fala da iminência de que a cidade venha a perder a Cinemateca, com sua possível transferência para Ponte Nova.


Na verdade, não se acreditava que isso viesse a acontecer, que Maurice aceitasse a proposta, envolvendo a sua mudança para Minas Gerais. O propósito era atiçar um pouco a fogueira dos debates que se arrastavam, sem que fossem apresentadas soluções para a acomodação da Cinemateca (e das demais entidades) em outro local. No final daquele ano, o caso ficou resolvido com a destinação de uma casa no bairro da Vila Nova.




コメント


bottom of page